domingo, 3 de maio de 2009

Especial: Visconde de Mauá

Mais uma colaboração! Muito obrigado!

Por: Professor Gargântua

Neste feriado santo, Gargântua, Pantagruel e Mme. E foram aproveitar a serra. Ao contrário do que costumam fazer, não foram para Petrópolis e as delícias do Funghi D´oro, tampouco foram para Tiradentes e as maravilhas da Beth e seu Viradas do Largo. Seguiram para Visconde de Mauá, Vila de Maringá e Maromba. Paraíso idílico, com cachoeiras e lembranças de um vida passada de Gargântua, onde rios gelados e paneladas de macarrão bastavam. Agora tudo mudou, ou quase tudo: A estrada continua a mesma.

Mme. E, com sua eficiência habitual, cuidou dos detalhes. Reserva na pousada, roteiro de restaurantes e cachoeiras, etc. Gargântua cuidou do aluguel do carro, pois se a estrada é a mesma de 20 anos atrás, seu carro não é o mesmo. Partiram na quinta-feira, com ânimo redobrado, MP3 tocando Deep Purple, Led Zeppelin e Grateful Dead, e os importantíssimos sanduíches preparados por Mme. E. Fantásticas delicadezas que a poucos se destinam.

Depois de cansativas horas de viagem, o trio chegou ao destino: A pousada Cabanas da Fazenda da D. Rosângela. Local agradável, fica após o centro de Maromba. O rio correndo atrás dos chalés era o único ruído audível, e o cheiro que vinha da cozinha prenunciava um excelente café-da-manhã para o dia seguinte. O preço baixo da pousada não reflete a qualidade, mas sim a dificuldade de acesso, já que a pousada fica quase no fim do mundo. D. Rosângela ofereceu excelente serviço com ótimo benefício/custo. Pontos para Mme. E, responsável pela escolha!

Pousada Cabanas da Fazenda
Fator b/c: Bom!

O primeiro restaurante visitado foi o do chef Mauro Jr. Nada mal, mas a carta de vinhos foi uma decepção. A carta e o cardápio foram feitos para restaurantes diferentes. Gosto não se discute, mas Gargantua tem dificuldade de harmonizar molho branco e vinho tinto, e teve que reclamar. Para não melar o arroz de Mme. E, pediu o que era praticamente o único vinho branco do restaurante: um Frascati.

Comeram:
- Truta com creme de queijo (Pantagruel)
- Truta grelhada com nhoque de batata e pomodoro (Gargântua)
- Truta com arroz a piamontese (Mme. E)
A opinião de Gargântua é que o fator b/c foi justo. As trutas estavam frescas, mas não poderia ter sido diferente, dada a região. O repasto não estava de todo mau.

Restaurante Mauro Júnior., Maringá
Fator b/c: justo


No dia seguinte a logística levou o trio a Visconde de Mauá. Com o carro alugado, Gargântua parecia um porco na lama. Não se incomodava com os buracos e solavancos, mas naturalmente cuidava do carro como se fosse (quase) seu. Para o almoço decidiram experimentar o restaurante Gosto com Gosto. Bom, mas o trio esperava mais. Um amigo de Gargântua, também de monstruoso apetite, diz que a expectativa influencia muito, mas a verdade é que o Gosto com Gosto fora apresentado como o melhor restaurante mineiro do país! Isso não é pouca coisa... Infelizmente Gargântua considera o frango uma invenção do demônio. Acha que frango é o arroz das carnes; se está muito bem feito é bom, no máximo. Gargântua acha que falta ao frango alguma gordura saturada de gordura que confere sabor àqueles que pastam, mas poupa os que ciscam. Gargântua experimentou a caipirinha de Tomarillo (foto), que também não estava ruim, mas carecia de um coador. Os caroços tornavam o ato de beber um jogo de golfe. Como Gargântua sofresse de muito calor, pediu que ligassem o ventilador, o que imediatamente congelou o tutu. Mas para salvar o dia, Gargântua foi visitar os deuses do Olimpo com a ambrosia servida. Ele não lembra, em toda a eternidade, de ter comido uma tão boa. Zeus teve inveja.

Comeram:
- Gargântua: Frango (foto). Correto, mas muito molhado. Era o prato da Boa Lembrança e como Gargântua é colecionador, não pôde evitar.
- Pantagruel e Mme E: Tutu. Correto, mas frio depois que Gargântua ligou o ventilador.

Gosto com Gosto
Fator b/c: Justo.

A noite reservava o pior. Foram ao Biroska, quiçá o pior restaurante do mundo. Quiçá não mereça ser chamado de restaurante. Tudo esquentado no microondas.
Alimentaram-se de:
- Fondue de microondas
- Salsichas alemãs frias
- Truta grelhada desfiando-se

Restaurante Biroska, nas proximidades da cachoeira do Escorrega
Fator b/c: Há algo pior que ruim? Talvez para esse restaurante seja necessária uma categoria especial.

O dia seguinte reservou ao trio a redenção: Foram ao restaurante Rosmarinus. Se na véspera Caronte preparara e servira o jantar, no Rosmarinus foi Afrodite quem lhes levou de volta ao paraíso. Deliciaram-se com:

- Carpaccio de truta salmonada. Divino. (Todos comeram)
- Medalhão de angus com fetuccine Alfredo. Correto e no ponto certo. (Pantagruel)
- Truta a Visc. de Mauá, com crosta de aveia sobre uma nata de queijo de cabra e acompanhada de purê de batata (foto).(Gargântua e Mme. E)
- A carta de vinhos brancos (novamente!) era um desastre, mas o vinho tinha um bom benefício/custo. Tomaram um Casa Rivas Sauvignon Blanc que mostrou-se correto.
- Café espresso não havia, mas passaram um no bule francês que ficou muito bom.

Rosmarinus
Fator b/c: Bom.

À noite o trio visitou a Pizzaria Zorba Budda. Mistura excêntrica de gostos e estilos, o local mostrou-se excelente desde o primeiro minuto (quando apresentaram-se as belíssimas garçonetes). O dono é simpaticíssimo e agradável, o ambiente é acolhedor, os preços são bons e o mais importante, a pizza é deliciosa. Gargântua mostrava-se atento à sua Beatriz e desviava o olhar apenas para perscrutar os cogumelos, queijos, e maçãs verdes arrumados de maneira impecável e harmoniosa sobre a deliciosa massa.

Pizzaria Zorba Budda, estrada da Maromba
Fator b/c: Bom!

O domingo os levaria de volta à casa. No caminho, resolveram conferir nova chance ao Gosto com Gosto. Comeram picanha de porco com molho de jabuticabas (foto), que estava bem feito e muito apetitoso, mas definitivamente não fez merecer, na opinião do trio, o título de melhor restaurante mineiro do Brasil. Em Tiradentes há uma mão cheia de endereços melhores.

Um comentário:

Fegalves disse...

oLá!

Adorei o relato! Gostaria de saber sobre o aluguel do carro... quanto saiu?

obrigada!