sábado, 20 de junho de 2009

Sabor Quilombola

Os ensaios do bloco Escravos da Mauá, que acontecem em sextas-feiras aleatórias no Centro, podem ser considerados um programa completo. Bom ambiente, boa música, cerveja gelada, cachaça, e.... ótima comida.

O evento acontece no Largo da Prainha, que fica na Sacadura Cabral, perto da praça Mauá. O palco é montado num dos cantos da praça. Ao redor, dezenas de barraquinhas oferecem cerveja, churrasquinho, salsichão, CDs, caipirinha, cachaça e tudo mais.

Uma das barracas chama a atenção. É o Sabor Quilombola. Oferecem pratinhos de R$5, incluindo frango com quiabo, sopa de ervilha, feijão amigo e o zungu. Obviamente fui no zungu, pois não fazia ideia do que fosse. Quem quiser saber o que significa Zungu, dê uma olhada aqui.

O zungu a baiana é uma mistura de angu com uma espécie de carne que não consegui identificar (!). Estava delicioso! Bem apimentado (talvez a baiana venha daí) e bem temperado, a carne era macia, e apesar de bem gordurosa, comi tudo, inclusive a gordura. Não costumo fazer isso, mas deixar comida no prato seria uma heresia, tamanha a gostosura do quitute.

A cozinha improvisada dá um charme a mais para a barraca. A simpática atendente me disse que abrirão em breve um restaurante. Sou o primeiro cliente!

Serviço
Sabor Quilombola
Arredores da Praça Mauá, Centro, Rio de Janeiro
O que comi: Zungu à Baiana (R$5,00)
Benefício/Custo: bom

Um comentário:

PCFilho disse...

Não tenho tanta coragem culinária quanto você. :)